Buscar
  • Livia de Oliveira

Entrevista com a cosplayer Babs!

Cosplay é arte, isso todo mundo sabe! Mas todos também então deveriam conhecer as artes maravilhosas que são os cosplays de Babs of the Galaxy, uma incrível cosplayer e cosmaker que tem conquistado diversos corações.


Babs não para! Produzindo conteúdo todo dia em suas diversas redes sociais, ela ainda encontra tempo para fazer lives enquanto projeta e costura seus cosplays. Super dedicada a cada mínimo detalhe, Babs traz à vida personagens de diversos jogos e animes. Não só isso, mas ela também é uma criadora de conteúdo oficial de Genshin Impact!


Se você admira ou tem vontade de fazer cosplay algum dia, vem conferir essa entrevista para conferir a trajetória dela. Com o carisma e incentivo dela, duvido que você não queira se tornar cosplayer também. <3

Babs of the Galaxy como Amber, Jean e Hutao, Genshin Impact. Foto: Gigio Tripod


Liga das Garotas: Então, Babs, começando do começo… o que te inspirou a entrar no mundo dos cosplays? Qual foi o primeiro personagem que você decidiu fazer?

Babs: Em 2013 fui em um evento e vi uma menina fazendo cosplay da Elizabeth de Bioshock Infinite. Eu estava apaixonada por esse jogo na época e pela personagem e pensei "pera aí… eu posso ser a Elizabeth também!" Foi aí que decidi fazer o cosplay dela.


LdG: Antes de ser cosmaker, você já sabia costurar? Ou foi aprendendo especialmente para produzir seus trajes?

B: Costurar para mim foi um desafio. Por um bom tempo mandei roupas em costureiras ou comprava elas, até que decidi comprar uma máquina e só aprender. Fui vendo vídeos de youtube e assim foi. Por isso falo: se eu consegui aprender o suficiente pra fazer cosplay, qualquer um consegue.


LdG: Nós ficamos admiradas em ver a quantidade de detalhes dos seus cosplays! Qual você acha que é a parte mais trabalhosa quando produz um?

B: O que dá mais trabalho na minha opinião é “traduzir” a roupa pro mundo real. Isso é um problema mais especifico para personagens animados, claro, mas muitas vezes algo que é desenhado não dá muito certo na realidade, então o desafio às vezes é achar uma maneira realista de replicar aquilo com fidelidade.


Babs of the Galaxy como Saber, Fate Grand Order. Foto: Gigio Tripod


LdG: Ficamos sabendo que você é uma grande fã da franquia Fate! Qual é a sensação de fazer cosplays de personagens pelos quais você é tão apaixonada?

B: Fate trouxe tanta coisa boa na minha vida eu amo essa série do fundo do meu coração. Quando visto a Saber, que foi o primeiro grande projeto que fiz e a primeira armadura, eu simplesmente não quero trocar a roupa! Hahaha eu fico me sentindo muito foda, ninguém me aguenta! A Saber é um cosplay que amo tanto que já refinei e retrabalhei ele mais de 3x.


LdG: Seus cosplays de Genshin Impact estão bombando! Você já fez cosplay da Jean, Amber, Hu tao e Eula, certo? Diz pra gente, essas personagens têm algo em comum que te chamaram a atenção? Como você escolhe a personagem que irá fazer o cosplay?

B: Olha, em outubro quando meus amigos me falaram “ooh tem esse jogo Genshin Impact que vai lançar!”, eu na hora fiquei interessada pelo gênero e por poder jogar no console por ser mais confortável. Mas na hora que vi a Jean pensei "OMG SABER!". E depois o jogo lança e a Jean É a Saber até no modo de agir e falar. Só fiquei "ok preciso fazer essa personagem". A Amber foi literalmente "ok essa menina é fofa e consigo fazer ela com sobras de tecido que tenho aqui" e o cosplay acabou saindo em menos de 2 semanas. Depois que a Amber meio que viralizou na internet, isso me motivou demais a continuar com os projetos de Genshin! Então se aparece um personagem que eu ache o design legal, já dá vontade de sair correndo pra máquina de costura.


LdG: Além de Fate e Genshin, quais outros jogos são seus preferidos? Pode nos mostrar algum cosplay que fez de outro jogo que também gosta muito?

B: Olha, eu recentemente tô jogando apenas Genshin mesmo hehe. Eu amo The Last of Us e The Witcher. Mas outros cosplays de jogos que teria mais recente seria a Panther ou Ann Takamaki de Persona 5. Eu joguei o jogo, me apaixonei por praticamente todos os personagens e a Ann acabei fazendo umas 4 versões dela.


Babs of the Galaxy como Ann Tamaki, Persona 5. Foto: Gigio Tripod


LdG: Infelizmente, não estamos mais tendo eventos presenciais, então parte da interação que os cosplayers tinham com o público se foi. Que outros meios você encontrou para interagir com os fãs e divulgar seu trabalho?

B: Como não posso interagir com a galera nos eventos (algo que eu AMO DEMAIS), comecei a fazer streams na Twitch e estou amando. É algo mais dinâmico e no momento, na minha opinião, o mais proximo que temos de recuperar parte dessa interação no momento.


LdG: Sabemos que fazer um cosplay envolve muitos processos e muito tempo! Para você, qual é a melhor parte?

B: De longe, é aquela hora que a roupa começa a tomar forma, sabe. Tá meio longe de acabar, mas você já sabe pra onde tá indo. Bate um orgulho e a hype sobe ao máximo.


LdG: E será que você pode dar um pequeno spoiler pra Liga de seus próximos cosplays? Estamos super curiosas!

B: Hmmm, digamos que é outra versão de um personagem que ja fiz! E é Genshin!


LdG: Para finalizar, poderia mandar um incentivo para as pessoas que ainda têm receio em fazer um cosplay e para os cosplayers iniciantes que almejam ser como você?

B: Diria para não pensar muito e só fazer! Entra de cabeça porque é bom demais! E tome riscos, nem sempre dá certo de primeira, mas é normal e todo mundo passa por isso. Apenas dê aquele salto inicial!


Babs of the Galaxy como Eula, Genshin Impact. Foto: Gigio Tripod


Ela é incrível, não é? Muito obrigada pela entrevista, Babs! Foi uma honra poder te conhecer melhor. Mal podemos esperar pelos seus próximos cosplays. <3


Confira as redes sociais dela:





44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo